A estrada para o sucesso não é uma reta. Há curvas chamadas perdas, trevos chamados decisões erradas e quebra molas chamados fracassos.

No caminho, deve-se olhar para trás, para se fortalecer observando os obstáculos superados, as lições aprendidas e o crescimento atingido.

Olhar também para a frente, tendo planos, estabelecendo metas e prosseguindo com firmeza e perseverança. Nunca ficar parado e levantar-se confiante e mais preparado quando tropeçar e cair.

Olhar para dentro, para conhecer o que o coração recomenda, o que a mente analisa e decide, mantendo puros os sentimentos, não deixando que o orgulho, a vaidade e a inveja dominem os pensamentos.

Olhar, ainda, para o lado, socorrendo quem precisa, percebendo as necessidades daqueles que nos cercam,e formando amigos, pois com eles a viagem será muito mais fácil.

Olhar para baixo, não pisar em ninguém para seguir adiante, pois se não o local de chegada não terá o nome de sucesso, e sim de oportunismo.

Por fim, olhar para cima, para não perder a esperança. Para não esquecer que, na estrada para o sucesso, se de carro estiver, pode furar o pneu no buraco chamado provação, mas quem tiver um estepe chamado fé e um Guia chamado Deus, sempre chegará ao destino.

Deixe seu comentário