“Arrependimento” encerra greve dos vigilantes em Curitiba, diz sindicato

Foto: Divulgação / SindVigilantes

Foto: Divulgação / SindVigilantes

A greve dos vigilantes durou pouco mais de sete horas em Curitiba. Os trabalhadores decidiram paralisar as atividades na última sexta-feira.

Em assembleia, a categoria não tinha aceitado a proposta feita pelos empresários do setor, de reposição da inflação baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor, o INPC, o que dá aproximadamente 6,5% de reajuste.

Depois do fim da assembleia realizada na semana passada, foi decidido que a greve começaria à 00:00 desta terça, e foi marcada uma concentração na Praça Santos Andrade às 07:00.

Mas, segundo o presidente do sindicato que representa os vigilantes de Curitiba e Região, João Soares, parece que eles se arrependeram assumiram os postos de trabalho pela manhã.

Segundo o presidente, o baixo quórum na Praça Santos Andrade inviabilizou a continuidade da greve.

Com o fim da paralisação, as agências bancárias estão abertas normalmente.

O reajuste baseado no INPC eleva o piso salarial de R$ 1561 para aproximadamente R$ 1654, e o vale-alimentação de R$ 25,04 para R$ 26,50.

Repórter Fábio Buchmann



Categorias:Cidade, Geral, Paraná

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: