Coluna do Renato Follador – A Europa Voltou

Voltei de viagem à Europa. Passei pela Inglaterra, França e Espanha.

Atordoados pelos pronunciamentos e ações do novo presidente norte-americano, ingleses, franceses e espanhóis se posicionam radicalmente contra tudo que ele falou e praticou até agora.

Me perguntei se a Europa poderia prescindir de uma integração econômica maior com os americanos e observei o mercado de trabalho, o consumo e as obras públicas.

Diferente de anos atrás, as lojas estão cheias, com gente consumindo, placas recrutando trabalhadores e muitas, mas muitas obras públicas e particulares sendo tocadas.

Para se ter uma ideia, o desemprego na Espanha caiu de 26%, para 16% nos últimos dois anos.

Mesmo a decisão da saída da Inglaterra da Comunidade Europeia não afetou sua economia, como os mais pessimistas previam.

Felizmente, a Europa se recupera consistentemente num momento em que os Estados Unidos se fecham dentro dos muros demagógicos e ideológicos do Partido Republicano. Aquele que só enxerga o umbigo. Pensei que o ignorante do George W. Busch iria destruir o império, mas acho que o trabalho ficou designado ao Trump.

Num mundo interligado tecnologicamente e economicamente não se pode mais admitir muros, mas pontes que permitam o livre trânsito de pessoas e bens.

Aliás, é muito engraçado e a prova de que a globalização é real: tudo que tem lá tem aqui. Com uma diferença: o preço, afinal eles não pagam a montanha de impostos que pagamos.



Categorias:Renato Follador - Previdência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: