A flor de lótus é um dos fenômenos mais exuberantes da vida. Por isso, no Oriente, ela é considerada o símbolo da transformação espiritual.

Buda está sentado sobre um lótus, Vishnu está de pé sobre um lótus, por que um lótus?

Porque o lótus tem um significado muito simbólico.

Ele cresce no lodo. Ele é um símbolo da transformação; é uma metamorfose.

O lodo é imundo, pode cheirar mal, o lótus é muito perfumado apesar de nascer do lodo fedorento.

Exatamente da mesma forma, a difícil vida comum de todos nós é assim como o lodo fedorento. Mas a possibilidade de se tornar um lótus está escondida ali. Depende só de nossa vontade.

A raiva pode ser transformada e se tornar compaixão. O ódio pode se tornar amor. O egoísmo pode se transmutar em altruísmo. A mágoa pode gerar o perdão.

Tudo o que temos agora que parece negativo, assim como o lodo do lótus, pode ser transformado.

A nossa mente ruidosa, fruto de tecnologia e comunicação incessante, pode se esvaziar e abrir espaço para a paz, para a aceitação de nossos desafios e para a coragem de enfrentá-los.

Enfim, todos nós podemos ser muito melhores do que o ambiente que nos cerca. Todos nós podermos nos tornar lótus.

Podemos nos tornar o que sonhamos ser, mas, com certeza, seremos sempre só o que pensamos ser.

Deixe seu comentário