Aproximadamente 20 banheiros públicos estão fechados por problemas de contrato com empresa responsável

Este slideshow necessita de JavaScript.

O fechamento de banheiros públicos em Curitiba tem gerado reclamações, transtornos e constrangimento em alguns parques, cemitérios municipais e prédios administrativos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

A CBN visitou o Passeio Público, onde diversas pessoas que precisaram dos banheiros na manhã desta sexta-feira tiveram que apelar ao comércio da região central.

Sobrou para os funcionários do parque, que se encarregaram de assumir o papel de mensageiros do apocalipse. Eram eles que davam a triste notícia aos frequentadores.

No local os banheiros públicos foram fechados há cerca de um mês. Quem procurou o local e deu com a cara na porta, sentiu um misto de revolta e constrangimento.

Damião de Jesus não conteve a indignação com a situação. Ele trabalha como carpinteiro e antes de chegar ao serviço, resolveu entrar no Passeio Público para dar uma aliviada. Teve que sair de lá às pressas.

No único restaurante do Passeio Público, as filas se tornaram intermináveis para o uso do banheiro. Adão Reinaldo Martins Araújo, garçom do estabelecimento há 5 anos, disse que a o fechamento dos banheiros públicos tem atraído uma multidão. Gente que passa aperto na rua e corre para pedir socorro. Obviamente, não está dando muito certo. São aproximadamente 200 pessoas usando o cobiçado toalete todos os dias.

Seu Adão disse que um funcionário fica o dia inteiro lavando os banheiros. Ele está, literalmente, trabalhando no limite.

Quem acompanha crianças no parquinho do Passeio Público, vive sob tensão. Maria dos Santos foi com a sobrinha de sete anos ao parque. Banheiro fechado é um problema, já que os pequenos nunca dão aviso prévio quando querem ir ao sanitário.

Em nota, a prefeitura informou que há algum tempo a empresa responsável pelo serviço não vem atendendo satisfatoriamente o contrato firmado.

A empresa faz a manutenção e limpeza de aproximadamente 20 banheiros. Por esta razão é que os banheiros do Passeio Público estão fechados. A empresa já teria sido notificada, mas não retomou os trabalhos.

Segundo a administração municipal, estão em andamento os trâmites legais para suspensão do contrato que terminaria no final de fevereiro. A prefeitura diz que vai acelerar o processo de contratação emergencial de uma nova empresa, para que haja normalização da situação dos sanitários o mais breve possível.

 

Repórter Fábio Buchmann



Categorias:Cidade

Tags:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: