Para especialista, desvio milionário na UFPR é sintoma de descontrole interno

Foto: Rodrigo Juste Duarte/UFPR

Foto: Rodrigo Juste Duarte/UFPR

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) implantou novas medidas de controle após a descoberta do esquema que desviou milhões de reais em recursos destinados a bolsas de estudo e pesquisa.

A fraude que se estendeu por anos na concessão de bolsas de estudo e pesquisa é sinal da ausência de ferramentas de governança na UFPR. A análise é do presidente da Comissão de Gestão Pública da OAB-PR, Luciano Elias Reis.

Para ele, está claro que faltou controle interno.

Segundo o especialista, é imprescindível que se adotem ferramentas adequadas de fiscalização, especialmente quando o dinheiro público é repassado a terceiros.

Conforme o atual reitor da UFPR, Ricardo Fonseca, aprimoramentos começaram a ser aplicados na instituição, após a fraude ser descoberta.

Ainda segundo o reitor, a universidade vai ingressar com tentativas de reaver o recurso milionário que foi desviado.

Conforme o presidente da Comissão de Gestão Pública da OAB-PR, um dos principais problemas desse tipo de desvio não é só o rombo nos cofres, mas a produção de descrédito em torno do campo da pesquisa.

 

Repórter Cristina Seciuk



Categorias:Cidade, Geral, Paraná

Tags:,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: