Foto: Reprodução/YouTube

Com o título “PARA TODA AÇÃO EXISTE UMA REAÇÃO!”, a torcida Império Alviverde divulgou na noite deste domingo a própria versão cobre os fatos.

Segundo versão da organizada: ”A torcida visitante começou a chegar no Couto Pereira por volta das 6:30 am, entre carros e vans, até que 4 ônibus chegaram sem escolta policial (não solicitada de acordo com a PM) e os passageiros ao invés de permanecerem na rua e local a eles destinados, desceram dos ônibus e foram contornando o estádio pela rua Mauá e subindo a rua Amâncio Moro a pé em direção a loja oficial da nossa torcida, por vontade própria e não por engano, cientes do risco pois sabiam muito bem onde se encontravam.

Havia cerca de 50 torcedores do Coritiba no local (loja oficial) desde cedo organizando a festa, garantindo a segurança, protegendo o patrimônio!

Quando os visitantes chegaram a cerca de 100 metros da loja, provocando e iniciando um ataque, os integrantes por segurança fecharam a loja, e então houve o conflito na rua entre as torcidas.

A torcida do Coritiba, em defesa, mesmo que em menor número, tinha que proteger os seus domínios. E assim o fez, até a chegada do reforço policial, pois as poucas viaturas presentes no local não eram suficientes para conter a confusão.

Confusão essa promovida pela torcida visitante, esses, são os principais responsáveis pelo ocorrido e pelos seus próprios torcedores que ficaram feridos, deixados para trás. Consequências do risco assumido.

Para estes e para todos, não desejamos o pior, a ninguém, mas para toda ação existe uma reação, e diante de tais circunstâncias jamais, JAMAIS fugiremos da luta.”

A Nota oficial do Coritiba, diz o seguinte: O Coritiba repudia o ocorrido entre membros de torcidas organizadas no entorno do Couto Pereira neste domingo.

Os fatos dão conta que uma briga entre membros de torcidas organizadas resultou em vários torcedores feridos. Em nome da decência, o clube manifesta sua reprovação aos fatos ocorridos. Além disso, o Coritiba declara sua postura de absoluta colaboração para as investigações e demais esclarecimentos a fim de punir os envolvidos por tal conduta reprovável.

O Coritiba está em contato constante com a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) buscando contribuir. Inclusive, com a colaboração do clube, um dos suspeitos de participar deste ato foi preso dentro do Couto Pereira, durante a partida.

No Site do Corinthians, foi postada uma mensagem na página inicial, está escrito #paz, e a seguinte frase: “Timão empata com Coritiba por 0x0, mas infelizmente a derrota é de todos por mais um lamentável episódio de violência”.

A Polícia Civil pediu para que os feridos na confusão registrem um B.O. Foram seis pessoas de acordo com a AI da corporação.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe seu comentário