Terrazza Panorâmico

A segunda fase da campanha de vacinação contra a dengue no Paraná, que terminou na última sexta-feira, atingiu 241 mil pessoas. Foram 149 mil vacinas de segunda dose e 92 mil primeiras doses. Os números da Secretaria Estadual da Saúde ainda são preliminares, já que o relatório final deve ser apresentado no próximo dia 20.

Das 30 cidades contempladas pela campanha na rede pública de saúde, 12 não alcançaram a meta de vacinar pelo menos 80% do público-alvo. Onze cidades tiveram coberturas entre 60% e 79%, incluindo Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá e Paranaguá. Mas o pior desempenho foi de Mandaguari, no noroeste do estado, que vacinou somente 59% do público-alvo.

Por outro lado, 18 municípios bateram a meta – 17 vacinaram entre 80% e 99% do público-alvo e Bela Vista do Paraíso, na região norte, conseguiu 100% de imunização. As 30 cidades foram escolhidas para a campanha por concentrarem 80% dos casos de dengue registrados no Paraná entre agosto de 2015 e julho de 2016.

A vacina está disponível para pessoas de 15 a 27 anos em 28 municípios. Apenas em Paranaguá e Assaí o grupo é mais amplo – de 9 a 44 anos. Segundo o coordenador estadual de imunização, João Luís Crivellaro, o esquema vacinal da dengue é de três doses, com intervalo de seis meses.

Crivellaro também faz um alerta às pessoas que já receberam a vacina da dengue em razão do início da campanha de imunização contra a gripe no Paraná, marcada próxima segunda-feira, dia 17.

 

Repórter Tabata Viapiana

Deixe uma mensagem