Foto: Reprodução/EBC

Certamente o verão é uma das estações mais esperadas do ano, mas é também o momento de tomar mais cuidado com os efeitos dos raios solares.

A exposição ao sol é umas das causas principais do aumento nos índices do câncer de pele, o tumor mais frequente no mundo e no Brasil. As estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que são registrados anualmente 165 mil novos casos de câncer de pele no Brasil.

De acordo com o médico dermatologista Guilherme Gadens há três tipos de câncer de pele.

O câncer de pele tem cura, desde que seja descoberto no início. A doença pode ser causada pela exposição repetida e prolongada ao sol. Por essa razão o dermatologista orienta em como se proteger.

Na maioria dos casos, o tratamento do câncer de pele consiste em uma cirurgia para a retirada do tumor como explica o médico dermatologista Guilherme Gadens.

Outra orientação importante é sempre ficar atento a alguns sinais na pele. Entre eles, mudanças de cor, forma e tamanho em manchas ou pintas já existentes e feridas que não cicatrizam.

Repórter Vanessa Fernandes