Foto: Divulgação PMPR

Uma operação de inteligência desencadeada pela Polícia Militar, batizada como Corpus Christi, prendeu nesta quarta-feira (19) pessoas pertencentes a uma organização criminosa de tráfico de drogas que atuava no Litoral e em Curitiba.

A investigação durou cinco meses e já havia prendido seis pessoas. O balanço parcial da operação registrou 19 mandados de prisão cumpridos e 23 de busca e apreensão, além da apreensão de 29 mil reais em dinheiro, oito armas de fogo, 119 tabletes de maconha e outras drogas e materiais. As ações envolveram equipes do Bope, Batalhão de Operações Especiais, e da Inteligência da Polícia Militar, que buscaram informações e reuniram dados sobre a atividade criminosa na região litorânea.

De acordo com o capitão Luciano José Ribeiro Romão, porta-voz da atividade, antes da operação, outras ações já tinham sido feitas que colaboraram para constatar a atividade de tráfico de drogas.

Com apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário de Pontal do Paraná, foram emitidos os 42 mandados judiciais para Curitiba, São José dos Pinhais, Piraquara, Colombo, Telêmaco Borba, Pontal do Paraná e Matinhos.

No período de cinco meses de investigação, fora as ações desta quarta-feira, foram apreendidos 509 gramas de crack, 764 gramas de cocaína, além de três celulares e um carro.

No Litoral, os materiais apreendidos e os detidos foram entregues nas Delegacias de Polícia Civil de Matinhos e de Pontal do Paraná.

Repórter Vanessa Fernandes