Foto: Lucilia Guimarães/FCC
Terrazza Panorâmico

Uma equipe da Coordenação de Preservação e Conservação de Acervos da Fundação Cultural de Curitiba fará, a partir da tarde desta quarta-feira (12/7), o trabalho de remoção de pichações nas obras e painéis artísticos da Praça 19 de Dezembro.

A ação será realizada pela Prefeitura em parceria com a Associação Comercial do Paraná, que acionou empresas apoiadoras para fornecimento de equipamentos e material de limpeza dos monumentos.

A Praça 19 de Dezembro é marco do centenário da emancipação política do Paraná e abriga um conjunto de monumentos formado por obras de importantes artistas do estado. Estão lá o painel de granito executado em relevo por Erbo Stenzel e Humberto Cozzo, que representa os ciclos econômicos do Estado.

No outro lado tem o painel com desenhos de Poty Lazzarotto, feito em azulejos coloridos. Outro monumento é o obelisco de concreto armado com 30 m de altura com o símbolo do Paraná, a estátua do Homem Nu, que homenageia o trabalhador paranaense, e a Estátua da Justiça representada pela Mulher Nua.

As obras também são de Erbo Stenzel e Humberto Cozzo. A limpeza da praça faz parte da campanha “Pichação é Crime, Denuncie”, que está sendo retomada pela Associação Comercial do Paraná com apoio da Guarda Municipal, Polícia Militar e outros segmentos da sociedade.

De acordo com a coordenadora de Preservação de Acervos da FCC, Cláudia Arioli, as equipes estão sendo treinadas para utilização dos produtos que serão utilizados. A fórmula química veio da Europa, e foi desenvolvida por uma empresa da RMC.

Para facilitar a remoção e eventuais futuros atos de vandalismo, os monumentos vão ganhar uma proteção extra.

Cláudia Arioli disse que a previsão inicial de conclusão dos trabalhos era até a próxima sexta-feira. Mas segundo ela, a remoção das pichações deve se estender até a próxima semana, já que a situação na Praça estava bem pior do que se imaginava.

No próximo domingo (16/7), a Associação Comercial promove uma ação simbólica de despiche das fachadas e portas de alguns estabelecimentos situados na quadra do edifício Barão do Serro Azul, sede da ACP, no Centro. A iniciativa está inserida nas comemorações alusivas ao Dia do Comerciante.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe uma mensagem