Foto: Reprodução/Street View
Terrazza Panorâmico

Quatro dias depois de causar a morte de três mulheres, entre elas tia e sobrinha, o adolescente de 17 anos se entregou a polícia, para alívio das famílias. Depois de prestar depoimento ele foi encaminhado ao Ministério Público, que vai decidir quais medidas socioeducativas que o jovem deverá cumprir.

O adolescente atropelou e matou Josiane Rodrigues Narciso, 31, Rosilene Rocio da Luz, 15, e Danikelly de Paula França, 18. Danikelly era tia de Rosilene. O acidente foi na noite da última sexta-feira (25), na altura do quilômetro 118 da BR-277, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

As três tentavam atravessar a rodovia quando foram atingidas por um Chevrolet Monza, na pista sentido Curitiba. Elas morreram na hora. O carro era do avô do adolescente, de 74 anos.

Rosicleia Terezinha Santos é irmã de Danikelly e tia de Rosilene. Ela suspeita que o adolescente estava embriagado e acima da velocidade permitida. Segundo Rosicleia, não está sendo fácil para a família.

Rosicleia espera que o adolescente cumpra as medidas socioeducativas em regime fechado.

O delegado Cassiano Aufiero dará mais detalhes sobre o caso em uma coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (30).

Repórter Lucian Pichetti

Deixe uma mensagem