Categorias: CBN DESTAQUE Geral JORNALISMO Paraná

Aglomerações: IAT vai reforçar fiscalização no acesso às trilhas

Após registro de aglomerações no Morro do Canal em Piraquara neste fim de semana o Instituto Água e Terra (IAT) vai tomar medidas mais rigorosas para conter alto movimento nos parques estaduais no próximo feriado da Independência. Uma reunião está agendada para esta semana entre IAT, polícia ambiental e guardas municipais para que seja montado um reforço de efetivo para orientações e controle de fluxo de pessoas nos locais.

Mais de mil pessoas passaram pelas trilhas da região do Morro do Canal neste sábado (29) e domingo (30). O Morro do Canal faz parte do Parque Estadual do Pico Marumbi. É a montanha mais próxima de Curitiba, localizada em Piraquara. O levantamento é da Federação Paranaense de Montanhismo, presidida por Marcio Hoepers. Ele conta que aglomerações também foram registradas em uma lanchonete próxima do início da trilha.

O diretor de Patrimônio Natural do Instituto Água e Terra, Rafael Andreguetto afirma que a contenção de pessoas nesses locais só pode ser feita envolvendo a polícia ambiental ou as guardas municipais. Ele diz ainda que neste fim de semana específico, equipes foram reforçadas para orientação às pessoas em todas as unidades de conservação.

Andreguetto explica que há muitas trilhas abertas nos parques, o que dificulta a fiscalização.

Como alternativa, o presidente da Federação Paranaense de Montanhismo pede um controle das autoridades com inscrições prévias para lotação de acordo com as recomendações sanitárias de controle da Covid-19.

As aglomerações também prejudicam o meio ambiente, com erosão e acúmulo de lixo.

A presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Piraquara, Ana Caroline Giordani afirma que imagens da situação no morro neste fim de semana foram recebidas pelos membros do conselho e que o assunto vai ser pauta de reunião plenária, marcada para o final da próxima semana. Ela explica que é de competência do Estado o controle e fiscalização de acesso às trilhas e que o Conselho deve funcionar como um articulador para que as medidas se cumpram.

O Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, liberou a reabertura, para uso público e turismo, de 18 Unidades de Conservação do Paraná a partir do dia 15 de agosto, mas com restrições. É obrigatório o uso de máscara, álcool em gel e medição da temperatura dos visitantes na entrada, além de outras medidas de prevenção à Covid-19. Os parques estaduais, estavam fechados desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Essa postagem foi modificada em 31 de agosto de 2020 20:07

Compartilhar
Tags: aglomerações IAT Instituto Água e Terra. montanhismo trilhas

Esse Aceite utiliza Cookies