Foto: Josette Leprevost/Alep

A proposta de acabar com aposentadorias para quem já ocupa ou vai ocupar o cargo de chefe do poder executivo estadual foi de autoria do governador Ratinho Jr. Foi inclusive uma das promessas da campanha eleitoral realizada no ano passado 

A assinatura da promulgação foi feita pelo presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano, do PSDB. Trata-se de uma prerrogativa da própria constituição do estado. No entanto, apesar do fim da aposentadoria para futuros governadores, quem já ocupou o cargo, ou respectivas viúvas, vão continuar recebendo o benefício. Ademar Traiano comentou o assunto, mas disse que o caso está encerrado

Ratinho Jr disse que a medida não vai provocar grande impacto aos cofres públicos, mas é emblemática. Para o governador, a nova regra é uma espécie de exemplo a ser seguido pelos outros estados do país.

O fim da aposentadoria vitalícia de forma retroativa acabou rejeitado em votação apertada na Casa. O autor da PEC barrada em Plenário, o deputado Homero Marchese, do PROS, afirmou que apesar da derrota na votação realizada no dia 15 de maio, o saldo final de toda a polêmica foi positivo. No entanto ele já avisou: vai entrar na justiça para tentar acabar, pelas vias jurídicas, com a aposentadoria dos atuais beneficiários

Repórter Fábio Buchmann