Foto: Divulgação ALEP
Terrazza Panorâmico

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Ademar Traiano, do PSDB, anunciou que a Casa não colocará na pauta de votações os projetos de lei que tratam do reajuste salarial de servidores dos outros Poderes do Estado enquanto o impasse em relação à data-base dos funcionários do Executivo não for solucionado.

Traiano diz que não vai pautar as propostas de reajuste dos funcionários do Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas, Defensoria Pública e da própria Assembleia.

Ainda de acordo com o presidente da Alep, aprovar o reajuste salarial dos funcionários dos outros poderes do Estado, ao mesmo tempo em que os servidores do Executivo ficam sem qualquer reposição, cria uma situação de desigualdade.

Traiano disse ainda que as mensagens dos outros Poderes já estão na Assembleia, mas ainda não fez a leitura em plenário, pois ainda aguarda a decisão do Governo do Estado.

Traiano disse ainda que cada um dos Poderes do Estado têm recursos provisionados dentro de seus orçamentos e portanto, acredita ser uma questão de justiça que os servidores do executivo tenham uma resposta.

A data-base e a paralisação feita por parte dos servidores estaduais realizada nesta segunda-feira foram os principais temas dos pronunciamentos dos parlamentares durante a sessão plenária.

Repórter Fábio Buchmann