cachorro-foto-ebc-2
Foto: EBC

Assim como as pessoas podem sofrer com as altas temperaturas, o mesmo também acontece com o animais de estimação, que precisam de cuidados especiais no verão. A principal orientação dos médicos veterinários é manter potinhos sempre com água fresca para hidratar os bichos.

No verão, os animais de estimação precisam de cuidados especiais. Horário de passeios, banhos frequentes e hidratação podem fazer a diferença no bem-estar dos animais. Eles também sofrem com o calor intenso e as altas temperaturas dessa época do ano.

Um caso chamou a atenção nesta semana em Joinville, em Santa Catarina: a Polícia Militar encontrou um cachorro desmaiado numa poça d’água. Os policiais deram um banho no animal, que logo se recuperou. No momento da ocorrência, a temperatura em Joinville era de 39ºC, mas com sensação térmica de 48ºC.

O médico veterinário Ricardo Zanata dá algumas dicas para os donos amenizarem o sofrimento dos animais no verão. A principal delas é manter potinhos sempre com água fresca.

As pessoas também precisam cuidar com o horário dos passeios. Segundo o veterinário, os cães podem machucar as patinhas devido ao calor intenso em alguns pisos, principalmente no asfalto.

As altas temperaturas podem causar prejuízos à saúde dos animais – como doenças pulmonares e dermatites. Eles podem ter hipertermia, quando ficam ofegantes e agitados. Neste caso, a orientação é dar um banho para refrescar o animal e colocá-lo na sombra.

Além de manter o potinho sempre com água fresca e evitar os passeios durante os horários de sol forte, é importante tosar os animais durante todo o verão – principalmente aqueles que possuem pelo longo. Os banhos também devem ser mais frequentes: pelo menos uma vez por semana.

Repórter Tabata Viapiana

Deixe uma mensagem