Foto: Facebook/Uber

Na última semana a Prefeitura de Curitiba publicou um decreto que atualiza a regulamentação para os aplicativos de transporte. Conforme as novas regras, as empresas agora precisam compartilhar os dados dos motoristas com a Urbanização de Curitiba (URBS).

Segundo o assessor da Secretaria de Finanças do município, Caio Cesar Verbato, a medida deve trazer mais segurança para os passageiros.

Outra mudança é em relação ao emplacamento, já que veículos da Região Metropolitana podem atuar na capital, a ideia anterior era restringir a circulação para carros de Curitiba. Além disso, a idade veicular passou de cinco para sete anos. Para veículos elétricos ou adaptados para transporte de pessoas com deficiência o prazo permanece de até oito anos.

O decreto também permite que cada automóvel tenha mais de dois motoristas credenciados. O que, de acordo com Verbato, deve ajudar a evitar o crescimento desnecessário da frota e, por conseqüência, congestionamentos.

Conforme a Prefeitura, a regulamentação foi criada ouvindo as demandas enviadas por motoristas e passageiros dos aplicativos de transporte.

Repórter Francielly Azevedo