Foto: Conmebol.

O Athletico joga nesta quinta-feira (9), às 21h30, em Buenos Aires, no mítico estádio La Bombonera, fundado em 1940 e caracterizado pela enorme pressão causada pelos torcedores do dono da casa, o Boca Juniors, por conta da proximidade entre o gramado e as arquibancadas. Neste cenário, que deve abrigar mais de 50 mil argentinos, vão estar cerca de dois mil atleticanos, empolgados com o time do técnico Tiago Nunes, classificado antecipadamente para as oitavas-de-final da Copa Libertadores da América.

Mesmo com a vaga garantida para a próxima etapa da competição, o Athletico tenta se manter em primeiro lugar no grupo G para obter o direito de ser mandante no segundo e último jogo das oitavas. Nesta tentativa, o rubro-negro tem a vantagem do empate. O Boca ainda não está classificado, mas é provável que passe de fase mesmo perdendo.

As duas equipes têm desfalques. Não viajaram com o Athletico o zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho. E o Boca entra em campo sem o volante Reynoso. Os três ausentes foram vetados por médicos.

O técnico atleticano Tiago Nunes deve escalar: Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González, Bruno Guimarães e Nikão; Rony e Marco Ruben.

COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA

Grupo G, última rodada

Quinta-feira, 9 de maio, 21h30 (horário de Brasília)

Boca Juniors x Athetico (em Buenos Aires)

Jorge Willstermann x Tolima (em Cochabamba)

Classificação

Athletico… 9 pontos e saldo de 6 gols;

Boca Juniors… 8 pontos e saldo de 4 gols;

Tolima… 5 pontos e saldo negativo de 3 gols;

Jorge Wilstermann… 5 pontos e saldo negativo de 7 gols.

Os dois primeiros colocados do grupo passam para as oitavas-de-final.

(Ayrton Baptista Junior)