Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir que é competência da Justiça Eleitoral investigar casos da Operação Lava Jato que envolvam caixa dois e outros crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro, foi marcado um protesto em Curitiba contra o STF, que deve acontecer no próximo domingo (17).

A manifestação é organizada pelos Movimento Brasil Livre (MBL) e Curitiba Contra Corrupção. A concentração deve ocorrer a partir das 15h, na Boca Maldita.

No evento criado no Facebook, até o momento constam mais 200 pessoas confirmadas e outras 300 interessadas.

A Procuradoria-Geral da República, os membros da Lava Jato e o ministro da Justiça, Sergio Moro, posicionaram-se contra a decisão do STF. Apesar de respeitarem a determinação, todos declaram que a Justiça Eleitoral não tem estrutura para julgar crimes complexos e há riscos de haver impunidade, afetando diretamente todo o trabalho desenvolvido na Lava Jato.

Repórter Francielly Azevedo