Foto: Reprodução

Edison Brittes foi transferido da Casa de Custódia de São José dos Pinhais para a Casa de Custódia de Curitiba depois que um bilhete com uma proposta de fuga foi encontrado na cela onde ele estava preso. As informações são da defesa de Brites.

Brittes é réu no caso da morte do jogador Daniel Correia Freitas. A transferência aconteceu na manhã desta sexta-feira (8).

De acordo com a defesa de Brites, o bilhete foi encontrado em um dos dias em que ele saiu da cela para acompanhar as primeiras audiências de instrução do caso.

Brittes não chegou a receber nem a ler o bilhete, segundo a defesa do réu, e os agentes da Casa de Custódia recolheram o recado antes que ele voltasse à cela.

A defesa de Edison Brittes afirmou que ele não tinha planos de fugir, que a proposta foi feita por outro detento e que ele não teve conhecimento do bilhete.

A defesa informou ainda que o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), realizou a transferência por motivos de segurança.

— Repórter Vanessa Fernandes