Categorias: CBN DESTAQUE Economia JORNALISMO

Arrecadação do ICMS volta a subir em setembro

Após fechar o mês de agosto com queda, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) voltou a subir no Paraná na primeira quinzena de setembro.

O aumento se deve principalmente pelas vendas nos setores de Comércio Atacadista (que teve aumento de 16,5%), Indústria (10%) e Combustíveis (1,6%). Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (25) e fazem parte do boletim conjuntural elaborado pelas Secretarias da Fazenda e do Planejamento e Projetos Estruturantes.

A arrecadação da primeira quinzena de setembro revela um pequeno aumento (3,7%) em relação ao mesmo período de 2019: R$ 1,95 bilhão contra R$ 1,88 bilhão – R$ 70 milhões a mais. O montante, no entanto, pouco altera o valor acumulado de 2020, que registra queda de R$ 1,49 bilhão (menos 6,4% em relação ao mesmo período de 2019).

De acordo com o governo do estado, o ICMS apresentado no boletim é referente ao valor bruto arrecadado. A partir deste valor, 25% são repassados semanalmente para os municípios, de acordo com o índice para 2020 de cada um. Além disso, 20% são repassados para o Fundeb. 

Segundo técnicos da Receita e do Ipardes, ainda não é possível afirmar que a recuperação seja total nem duradoura. O resultado de 2020 ainda é puxado pelo impacto positivo do auxílio emergencial do governo federal, de R$ 600 por pessoa, que injetou cerca de R$ 2 bilhões ao mês na economia paranaense – o que se refletiu no comércio e, consequentemente, na arrecadação. 

Da Redação, com informações da AEN.

Essa postagem foi modificada em 25 de setembro de 2020 17:32

Compartilhar
Tags: arrecadação arrecadação de impostos

Esse Aceite utiliza Cookies