Foto: Freepik

Dados do IBGE apontam que mais de 4 milhões de pessoas desistiram de procurar uma vaga no mercado formal de trabalho entre fevereiro e abril deste ano. O número de desalentados pode ser um reflexo da crise econômica e do desemprego? Quais as novas relações de trabalho que surgem deste cenário?

E para responder essas e outras perguntas, convidamos a Geovana Conti, empreendedora, sócia fundadora da empresa social curitibana de desenvolvimento humano Y – Youngers, e Gilmar Andrade, que é diretor de Relações Institucionais da ABRH-PR – Associação Brasileira de Recursos Humanos no Paraná.

PARTE 1:

PARTE 2: