Foto: Vanessa Fernandes

Com o lema “Nós somos o trânsito”, a Associação Comercial do Paraná participa das ações do Maio Amarelo. Este é o quinto ano consecutivo que a entidade participa das programações e pelo segundo ano a entidade traz até o calçadão da Rua XV carros que se envolveram em acidentes de trânsito.

Neste ano o carro que está em frente a ACP, é um veículo gol que transportava um casal e uma criança para uma festa de casamento. O casal infelizmente faleceu, mas a criança usava uma cadeirinha de elevação que ficou intacta após a colisão, e a criança sobreviveu. A imagem do carro assusta quem passa pelo calçadão, mas a ideia é que depois do susto venha a reflexão.

De acordo com o presidente da Associação Comercial do Paraná Glaucio Geara o objetivo da campanha é conscientizar além do motorista, pedestres, ciclistas e motociclistas. Segundo Geara, no Brasil, cinco pessoas morrem por hora vítimas do trânsito.

Motoristas e pedestres que passam pelo local ficam impactados com o estado em que ficou o carro após a colisão e imaginam o que teria acontecido com o motorista e os passageiros.

Douglas Santana deu seu palpite, mas também declarou a importância da campanha para conscientização de todos.

Em frente ao carro bastante danificado, Ademir Messias declarou que deveria se tratar de um caso de imprudência ao volante.

Já Júlio Oliveira de Mello, um jovem motorista, disse que as campanhas deveriam ser permanentes, durante o ano todo.

Além do carro, a campanha da ACP conta com uma tenda em frente a sede da entidade onde o pedestre pode assistir a um vídeo em que são relatadas situações envolvendo álcool e direção e drogas e direção. Também estão sendo distribuídos panfletos educativos com orientações sobre o trânsito para pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas.

As atividades do Maio Amarelo da Associação Comercial do Paraná acontecem na Rua XV de Novembro, 621 no centro de Curitiba, e seguem até o dia 18 de maio.

Repórter Vanessa Fernandes