Foto: Marcos Guérios
Terrazza Panorâmico

Nesta quarta-feira, o Athletico venceu o Internacional, por 1 a 0, na Arena da Baixada. O gol, marcado por Bruno Guimarães, deu ao Athletico a vantagem para a partida de volta da final da Copa do Brasil.

No primeiro tempo, a equipe paranaense levou perigo em alguns lances, como na finalização de Rony, aos 13 minutos. Aos 29 da etapa inicial, um possível toque de mão na bola, dentro da área, do zagueiro Robson Bambu, gerou reclamação de jogadores do time gaúcho, mas não houve consulta ao VAR, o árbitro de vídeo. O técnico da equipe colorada, Odair Hellmann, disse que não houve nenhum toque. Portanto, para ele, lance normal.

Na etapa complementar, Bruno Guimarães fez o gol da vitória atleticana, aos 12 minutos, após jogada de Marco Ruben. Aos 27, Rony finalizou e fez Marcelo Lomba, goleiro do Internacional, praticar uma grande defesa.

O jogo da volta, em Porto Alegre, será na próxima quarta-feira (18), às 21h30, no Estádio Beira-Rio. O rubro-negro será campeão da Copa do Brasil com um empate, no mínimo. Já uma derrota por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. E, por dois ou mais, dará o título ao Internacional.

Com colaboração de Johan Gaissler, repórter Marcelo Ricetti