Foto: Reprodução Facebook

Atletas que tiveram passagens pela categoria de base do Athletico Paranaense e pelo Trieste estão entre as vítimas já identificadas da tragédia no Ninho do Urubu, centro de treinamentos do Flamengo. O time amador de Santa Felicidade divulgou nota de pesar nas redes sociais sobre a morte dos garotos.

Junto de fotos da época em que atuaram no Paraná foi publicada a informação sobre o falecimento de Victor Isaías, Gedson Santos e Bernardo Pisetta no incêndio que atingiu as instalações do CT no Rio de Janeiro, onde estavam “em busca do sonho de se tornarem jogadores de futebol”. A nota do Trieste é finalizada com “sentimentos a todas as famílias e amigos, que Deus conforte o coração de todos nesse momento tão difícil e receba esses meninos de braços abertos”.

Victor jogava como atacante e tinha 15 anos e Bernardo, de 14, era goleiro; os dois eram catarinenses. Gedson, era paulista, tinha 14 e atuava como meio campo.

Dez atletas morreram no incêndio. Três pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para hospitais, uma delas em estado grave.

Repórter Cristina Seciuk