O Rio Branco, de Paranaguá, demitiu nesta quarta-feira (11) o técnico Ednélson Conceição, 49 anos, que fez história como lateral-esquerdo do Paraná Clube. Foi de Ednélson, em um empate com o Coritiba (1 a 1), o gol que valeu o primeiro título paranaense ao tricolor da capital. O jogo aconteceu em 1991, no estádio Couto Pereira.

Sob o comando de Ednélson, que foi auxiliar-técnico no Vasco e no Paraná, o Rio Branco ganhou apenas do Foz do Iguaçu (1 a 0) nas seis rodadas primeiro turno do Campeonato Paranaense. Penúltima colocada na classificação geral, com cinco pontos, a equipe parnanguara corre risco de rebaixamento, ao lado do Foz, que tem apenas um. Porém, ameaça de queda o time também sofreu no ano passado, sem Ednélson, quando os jogadores tornaram públicos os atrasos salariais.

O Rio Branco foi o segundo time a dispensar treinador neste estadual. Antes, o Cascavel Clube Recreativo abriu mão de Lorival Santos, substituído por Alan Aal.

(Ayrton Baptista Junior)