Fotos: Agência Brasil

O jurista Miguel Reale Junior comentou nesta quinta-feira que o Brasil não tem condições de passar mais uma vez por um impeachment. A declaração foi dada durante uma entrevista à CBN.

De acordo com ele, o processo é extremamente desgastante e o País deve seguir em frente. Por isto, o jurista defende a renúncia do presidente Michel Temer.

Reale Junior acredita que as eleições indiretas podem ser a saída para o Brasil neste momento, desde que políticos com boa atuação sejam escolhidos para isto. O jurista cita como alternativa o senador paranaense Álvaro Dias, do PV.

Álvaro Dias fez um discurso na tribuna do Senado nesta quinta-feira. O senador afirmou que a renúncia de Temer é a melhor solução para País.

O senador destacou que outra forma menos impactante seria um julgamento rápido da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral. Mas Álvaro Dias lembrou que existem modos para protelar o processo, que também podem causar desgaste ao cenário político brasileiro.

Segundo o parlamentar, há ainda a possibilidade de alterar a constituição para antecipar as eleições de 2018.

O senador Álvaro Dias já declarou que tem vontade de concorrer ao cargo de presidente nas eleições do ano que vem.

Repórter Joyce Carvalho

Deixe uma mensagem