Bairro leva nome de primeiros engenheiros negros do Brasil

Bairro leva nome de primeiros engenheiros negros do Brasil
Foto: Reprodução

O bairro Rebouças, em Curitiba, é uma das localidades mais valorizadas da capital. Ele está historicamente ligado à industrialização da cidade, pois até a criação da Cidade Industrial de Curitiba, nos anos 70, era ali o “antigo” setor industrial, com as principais fábricas de Curitiba, tais como a Mate Real e a Fiat Lux. O nome “Rebouças” é uma homenagem aos irmãos e engenheiros Antônio Pereira Rebouças Filho e André Rebouças.

Nascidos na Bahia, são considerados os primeiros afrodescendentes brasileiros a cursar uma universidade e os dois maiores engenheiros do Brasil, no século XIX. O chafariz na Praça Zacarias, em Curitiba, a Estrada da Graciosa, o Parque Nacional do Iguaçu e a Ferrovia Paranaguá-Curitiba (considerada a maior obra da engenharia férrea nacional), são alguns dos legados dos irmãos aqui no Paraná.

A construção da Estação Ferroviária de Curitiba, também orientada pelos irmãos, trouxe a cidade um intenso desenvolvimento. Surgiram novas ruas, como a famosa Rua da Liberdade, importantes prédios públicos, como o Palácio da Liberdade e o Palácio Rio Branco, além da instalação de fábricas nas proximidades da nova estação.

Os dois também colaboraram com o desenvolvimento da região sudeste do país. Entre as contribuições estão o plano de abastecimento de água da cidade do Rio de Janeiro e a construção das docas da Alfândega, na capital fluminense.