Foto: William Bittar

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) deixou, na manhã desta sexta-feira (1º), o Complexo Médico Penal (CMP) em Pinhais, na grande Curitiba. O político havia sido transferido na manhã desta quinta (31) para o local.

Na noite de ontem, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, determinou a soltura do político, preso há uma semana, na 58ª fase da Lava Jato.

Esta etapa da Operação apura o suposto esquema de fraude na gestão das concessões rodoviárias federais no Paraná.

O repórter William Bittar acompanhou o momento em que Richa deixou a prisão.