Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

O ano mal começou e os bombeiros estão tendo trabalho para retirar enxames de abelhas em Curitiba. O último caso foi no dia 8, no bairro Novo Mundo.

O enxame se instalou em um pé de chuchu de uma residência, na Rua Athaide Cardon. A dona da casa, uma aposentada, de 74 anos, ligou imediatamente para o 190 quando percebeu a presença dos animais.

Para a remoção das abelhas os bombeiros tiveram que vestir traje especial. Eles usaram inseticida para espantá-las.

No dia 2 de janeiro abelhas atacaram passageiros de uma estação tubo do bairro Portão. Cinco pessoas ficaram feridas e foram parar no hospital. 

De acordo com a capitã Rafaela Diotalevi, do Corpo de Bombeiros, ao avistarem uma colmeia as pessoas não devem tentar retirá-la sozinhas. A orientação nesses casos é não chegar perto do enxame e chamar os bombeiros ou empresas privadas que fazem esse tipo de remoção.

Tentar matar as abelhas também não é uma boa ideia.

De acordo com a capitã, o calor contribui para o aumento de incidentes envolvendo abelhas.

Repórter Lucian Pichetti