Foto: Felipe Rosa/ACP

Os paranaenses pagaram mais de R$ 129 bilhões em impostos durante o ano de 2018. A cifra foi calculada pelo Impostômetro da Associação Comercial do Paraná.

O estado ocupa o sexto lugar no ranking de arrecadação, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal e Rio Grande do Sul; e só esse grupo representa 76% de todo o imposto pago no Brasil, com 6% desse bolo saindo do bolso dos contribuintes aqui do estado. Dentre os municípios, Curitiba é líder em arrecadação:  só a cidade entregou três bilhões de reais ao poder público no ano passado.

Para o economista e presidente do Conselho Regional de Economia, Carlos Magno Bittencourt, o volume de dinheiro tem relação – necessariamente – o tamanho do país, mas aponta o problema crítico e já corriqueiro: a falta de retorno ao pagador de impostos.

Com a mudança de gestão, tanto no Estado quanto no governo Federal, espera-se uma mudança de postura. Segundo Bittencourt, essa expectativa tem relação com o entendimento de que o contribuinte não tem qualquer condição de entregar mais do que faz atualmente.

O total de arrecadação de impostos do Brasil fechou 2018 somando mais de R$ 2 trilhões 388 bilhões de reais em tributos, quase 9% mais do que no ano anterior. Na média, o brasileiro trabalhou 153 dias – cinco meses do ano – para pagar imposto.

Repórter Cristina Seciuk