Foto: Joyce Carvalho
Terrazza Panorâmico

As agências farão atendimento nesta segunda e nesta terça-feira em horário especial. As unidades abrem uma hora mais cedo do que o normal para receber os trabalhadores que precisam de informações ou que já desejam efetuar o saque dos recursos.

Aqueles que têm dinheiro em contas inativas do FGTS podem fazer o saque de diferentes formas. Tudo vai depender da quantia, segundo o gerente regional da Caixa, André Baú.

Os valores acima de três mil reais devem ser retirados dentro da agência bancária. A Caixa orienta que os interessados levem documento de identidade, carteira de trabalho e a rescisão do contrato de trabalho.

Podem sacar o dinheiro os trabalhadores que possuem contas de contratos finalizados até 31 de dezembro de 2015 por demissão a pedido ou por justa causa. Esta é a terceira de cinco etapas de pagamento das contas inativas do FGTS.

Com o início desta fase na sexta-feira, o movimento nas agências da Caixa em Curitiba foi acima do normal. Quem tem direito já planejava o destino do dinheiro.

Juliane Ruffatto saiu de Campina Grande do Sul e foi até a agência da Caixa no bairro Bacacheri, em Curitiba, depois que viu o tamanho da fila na Região Metropolitana. Mesmo assim, ela demorou bastante para conseguir ser atendida. Como está desempregada, o dinheiro da conta inativa vai ajudar nos pagamentos do dia a dia.

Já a perspectiva do técnico em manutenção industrial Nilson Castro era mais positiva. Ele foi até a agência da Caixa no bairro Tingui para obter informações sobre o saque. O valor que recebeu será usado no seu próprio negócio.

Somente no Paraná, são quase seiscentas e dez mil pessoas que podem retirar o dinheiro nesta etapa do calendário divulgado pelo Caixa. O volume depositado nas contas inativas destes trabalhadores é de setecentos e oitenta e sete milhões de reais.

Repórter Joyce Carvalho

Deixe uma mensagem