Foto: Free Images
Terrazza Panorâmico
Foto: Free Images

O texto foi aprovado com 22 votos favoráveis e 4 contrários. A prefeitura não soube informar quando Greca deve analisar o projeto.

Se aprovada, a alteração na lei passa a liberar clientes armados de receber uma comanda de cor diferente em bares e casas noturnas. O texto original é de 2015 e implantou a medida para ajudar a identificar os clientes e evitar a venda de bebidas alcoólicas a eles.

A mudança na lei foi apresentada pelo próprio autor da proposta, o vereador Felipe Braga Côrtes (PSD). O parlamentar afirmou que policiais achavam constrangedor receber a comanda diferenciada.

O projeto foi aprovado em segunda discussão na sessão desta quarta (26) da CMC. O vereador garante que a mudança não reduz a efetividade da lei.

A lei original proíbe a venda de bebidas alcoólicas a clientes armados em bares e casas noturnas de Curitiba, determina que a casa mantenha uma placa, em local visível, reforçando a proibição, e ainda obriga a assinatura de um termo de responsabilidade na entrada do estabelecimento.

A legislação foi sancionada depois que um policial militar que estava de folga baleou um cliente durante uma confusão na saída de uma casa noturna no Batel. O episódio ocorreu em abril de 2015.

 

Repórter Ana Krüger

Deixe uma mensagem