Foto: Federação Paranaense de Futebol
Terrazza Panorâmico

Nesta quarta-feira (10), o Athletico conquistou a Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense, ao derrotar o Coritiba nas cobranças de pênaltis, por 7 a 6, na Arena da Baixada. No tempo normal, houve empate: 1 a 1. Além de erguer o troféu que homenageia um ídolo do rival, o rubro-negro festejou também nesta noite a goleada do Boca Juniors sobre o Jorge Wilstermann, da Bolívia, em Buenos Aires, por 4 a 0, resultado que deixou o time paranaense ainda mais próximo de uma vaga nas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América.

Os gols do Atletiba aconteceram no segundo tempo. Aos 27 minutos, Welinton Junior fez o gol do Coritiba. Aos 43, quando se imaginava que a taça iria para o time de Krüger, meia que foi sete vezes campeão paranaense (1968/69/71/72/73/74/75), Gabriel Poveda correu pelo lado direito e cruzou para Marquinho, que completou dentro da área. Foi o sexto gol de Marquinho no campeonato. O artilheiro é Rodrigão, do Coritiba, com sete.

Foram necessárias dezesseis cobranças de pênaltis para apontar o campeão do segundo turno. Apenas três não resultaram em gol; o goleiro coxa-branca Alex Muralha defendeu de éo Cittadini; Elyeser, do Coritiba, chutou para fora; e o goleiro Léo pegou a do zagueiro Romércio.

Esta foi a segunda conquista dos aspirantes do Ahthletico contra a equipe principal do alviverde. No ano passado, quando também poupou os principais jogadores para as competições nacionais e internacionais, o rubro-negro foi campeão paranaense ao derrotar o rival, por 2 a 0, também na Arena.

Dos atletas que atuaram nesta quarta, apenas o zagueiro Paulo André e o volante Léo Cittadini disputaram jogos da Libertadores este ano. Com 35 anos, Paulo André afirmou que pretende encerrar a carreira em junho. No ensaio de uma carreira de gestor, o experiente jogador tem indicado atletas para o clube.

Enquanto Paulo André não pendura as chuteiras, o Athletico vai tentar o bicampeonato estadual nos dois próximos domingos, às 16h, contra o Toledo. O primeiro confronto acontece no estádio 14 de Dezembro, em Toledo, e o segundo na Arena da Baixada.

Na Libertadores, a goleada do Boca Juniors aumentou a possibilidade de que o clube paranaense se classifique para as oitavas-de-final mesmo que perca nas duas rodadas finais da fase de grupos. A conta é simples: se o Tolima não ganhar os dois jogos, o rubro-negro avança até sem pontuar contra Jorge Wilstermann, na Bolívia, e Boca, na Argentina.

COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA

Grupo G – Pontuação

Athletico… 9

Boca Juniors (Argentina)… 7

Tolima (Colômbia)… 4

Jorge Wilstermann (Bolívia)… 2

Jogos das rodadas finais

Quarta-feira, 24 de abril

19h15… Jorge Wilstermann x Athletico

21h30… Tolima x Boca Juniors

Quinta-feira, 9 de maio

21h30… Boca Juniors x Athletico

21h30… Jorge Wilstermann x Tolima

(Ayrton Baptista Junior)