Foto: Gilson Abreu/FIEP/Arquivo ANPr
Terrazza Panorâmico

Em 2017 a Renault do Brasil manteve a trajetória de crescimento que segue de forma contínua no país desde 2010, alcançando novo recorde de participação de mercado: 7,7%, com ganho de 0.2 ponto percentual em relação a 2016. No total, a empresa emplacou 167,1 mil veículos, contra 149,9 mil unidades emplacadas em 2016, um crescimento de 11,4%, superior ao aumento registrado pelo mercado automobilístico brasileiro em 2017, que foi de 9,4%.

Chegou ao final do ano com vários motivos para comemorar. Apresentou dois novos produtos: o Captur e o Kwid, principal lançamento do ano. A produção desses veículos para os mercados interno e externo motivou a contratação de 1.300 colaboradores para a inauguração do terceiro turno completo. Tudo isso só foi possível porque a Renault manteve inalterados seus investimentos no Brasil, mesmo em períodos de instabilidade econômica.

Entre os destaques comerciais da marca estão o Sandero, sexto veículo mais emplacado do Brasil em 2017, o Kwid, com 22,6 mil unidades comercializadas após seu lançamento, em agosto; e o Renault Master, líder absoluto pelo quarto ano consecutivo do segmento de furgões com capacidade de carga de até 3,5 toneladas de Peso Bruto Total, com 51% de market share.

Ouça o boletim CBN Carros e Motores, de Antonio Carlos da Silva:

Deixe uma mensagem