Foto: PMC

Quem estiver em Curitiba pode aproveitar o fim de semana para conferir as atrações culturais em cartaz na cidade.  No Parque Barigui, o Circo Zanchettini é um bom programa para as famílias. Palhaços, mágicos, malabaristas e o tradicional globo da morte vão encantar as crianças.

Na Cinemateca estão em cartaz dois filmes nacionais.  O drama “O Colar de Coralina”, tem sessões às 16h, com censura livre. Já quem gosta de filme de terror pode aproveitar para assistir “Mata Negra”, com sessões às 19h e classificação de 16 anos.

Quem aprecia exposições de artes visuais e históricas também pode aproveitar para visitar as mostras em cartaz no Museu Municipal de Arte (MuMA), Memorial de Curitiba e Casa Romário Martins, todas com entrada franca.

Confira a programação:


Circo Zanquettini no Parque Barigui

Um dos mais tradicionais circos de Curitiba, o Zanchettini continua sua temporada de apresentações no Parque Barigui. A ação faz parte do programa Praça do Circo, iniciativa inédita no País, criada para acomodar circos nacionais, de médio porte, em espaços públicos da cidade.

Local: Parque Barigui – BR 277 (próximo ao heliporto)
Horários: de terça a sexta-feira às 20h30.
Sábados domingos e feriados 15h, 17h30 e 20h30.
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada).
Classificação Livre


Cinemateca

O colar de Coralina (BR, 2018, drama, 77’) 

A menina Aninha, futura poeta e doceira, é uma criança considerada feia, frágil, desajeitada e oprimida por praticamente todos que a cercam. Ela encontra no jogo da amarelinha um meio de superar os próprios limites e, na imaginação, uma fuga do meio opressivo em que vive.  

Sua infância, marcada pela rejeição, é relembrada na vida adulta por sua ligação afetiva e trágica com o prato azul-pombinho, último de uma coleção de noventa e duas peças, pertencente à sua bisavó Antônia. No elenco Letícia Sabatella, Rebeca Vasconcellos e Maria Coeli. Direção de Reginaldo Gontijo. 

Data: 2 a 17 de janeiro de 2019 (exceto dia 12)
Horário: 16h
Classificação: livre


Mata Negra (BR, 2018, terror, 98’) 

Numa floresta do interior do Brasil, uma garota vê sua vida – e a de todos ao seu redor – mudar terrivelmente quando encontra o Livro Perdido de Cipriano, cuja magia sombria, além de outorgar poder e riqueza a quem o possui, é capaz de libertar uma terrível maldição sobre a terra. 

Dirigido por Rodrigo Aragão, no elenco estão Carol Aragão, Jackson Antunes e Clarissa Pinheiro. 

Data: 2 a 9 de janeiro de 2019
Horário: 19h
Classificação: 16 anos
Local: Cinemateca de Curitiba (R. Presidente Carlos Cavalcanti, 1174)
Ingresso: R$ 10 e R$ 5 (meia)


Exposições

Museu Municipal de Arte (MuMA) apresenta as mostras “Universos Paralelos”, de Barbera van den Tempel, “Na Diferença Se Constitui” de Emerson Persona e Francis Rodrigues e “Nós”, exposição de arte digital e fotografia realizada pela Associação CriarUm.

Horário: 10h às 19h (terça a domingo)
Av. República Argentina, 3430, Terminal do Portão
Entrada: gratuita


Na Casa Romário Martins permanece a exposição “Presença Negra em Curitiba” que apresenta um panorama sobre a importante participação dos negros na formação da capital paranaense.

Horário: 9h às 12h e 13h às 18h (terça a sexta-feira) e 9h às 14h (sábadodomingo)
Largo Coronel Enéas, 30, (Largo da Ordem)
Entrada: gratuita


No Memorial de Curitiba, estão em cartaz as exposições “Ilustração Botânica: Plantas Brasileiras”, no Salão Paranaguá, e A Catedral e a Praça, um Passeio pela História e Arquitetura de Curitiba, no Salão Paraná.

Horário: 9h às 12h e 13h às 18h (terça a sexta-feira) e 9h às 15h (sábado e domingo)

Rua Claudino dos Santos, 79
Entrada: gratuita


Fonte