Foto: Hedeson Alves/AEN

As escolas da rede estadual de ensino vão ter atividades normais até o início do recesso escolar, que começa apenas no dia 15 de julho. A informação é da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, em comunicado emitido aos pais e responsáveis, alunos e profissionais do magistério.

Até lá, a orientação é que as aulas ocorram normalmente em todas as instituições de ensino na rede da educação básica, para evitar prejuízos no cumprimento do ano letivo e a necessidade de reposição de aulas.

De acordo com o comunicado da secretaria, alunos ausentes terão as faltas registradas. Professores e funcionários que não comparecerem ao trabalho também terão registro de falta no relatório mensal de frequência, resultando em desconto em folha.

Nos últimos dias, segundo a nota, menos de 4% das 2.143 escolas estaduais tiveram as aulas prejudicadas em razão de manifestações de sindicatos de servidores. A determinação é para que não seja realizada reposição das aulas em período de recesso e de férias.

Conforme disposto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), o calendário escolar é, obrigatoriamente, de 200 dias letivos.

Repórter Marcelo Ricetti