Foto: Pixabay

Amigos ouvintes, vou elencar alguns benefícios – ou direitos – que os aposentados no Brasil ainda têm, o que prova que somos únicos, porque no mundo todo aposentadoria é renda quando não tiver mais condições de trabalhar. Daí a necessidade de uma idade mínima, que é o mote da reforma da previdência.

Pois bem, muitos aposentados do INSS que continuaram a trabalhar têm dúvidas sobre seus direitos e me pedem esclarecimentos.

Vamos lá: primeiro, para se aposentar não é preciso pedir demissão da empresa.

Segundo, quem decidiu continuar na ativa depois da aposentadoria tem os mesmos direitos dos demais trabalhadores, como 13º, férias, FGTS e registro em carteira.

Terceiro, quando o trabalhador se aposenta, ele pode sacar todo o FGTS. Mas, além disso, ele pode resgatar mensalmente os novos depósitos feitos após a aposentadoria.

Quarto, quem continuou no mesmo emprego após a aposentadoria, se for demitido sem justa causa, pode exigir a multa de 40% do FGTS desde a admissão, mesmo se já retirou a grana.

Por fim, se ao invés de usar o dinheiro da aposentadoria, depositar em um previdência privada até parar definitivamente, em 10 anos, terá mais uma aposentadoria equivalente à primeira.

É ou não é uma piada a aposentadoria no Brasil. O trabalhador finge que para e o governo finge que paga, pois o nível das aposentadorias é cada vez mais baixo.