Foto: Pixabay

Ninguém gosta de pagar imposto ao governo, mas tem. É lei.

Agora, existem formas de fugir do Leão e uma delas é através da previdência privada.

Nesta época do ano, aqueles que a tem beneficiam-se duas vezes: uma, porque estão formando reservas para a aposentadoria. Outra, porque na Declaração anual vão pagar menos imposto de renda.

Quem aplica num fundo de pensão ou num PGBL de banco ou seguradora pode abater até 12% da renda anual na hora da Declaração.

Exemplo: vamos imaginar duas pessoas que tenham uma renda anual de R$ 60.000,00 sem abatimentos. Uma tem previdência privada e a outra não.

A que tem, se contribuiu, pode abater até 12% dos R$ 60.000,00. Sobram R$ 52.800,00 e é essa renda total que ela vai declarar. Já quem não tem previdência privada vai ter que declarar renda total de R$ 60.000,00. As duas caem na alíquota de 27,5%, mas a que tem previdência vai pagar 25% a menos de imposto do que a outra que não está preparando uma poupança para a velhice.

A opção é depositar numa conta própria para garantir o futuro ou dar o dinheiro para o Leão.

Olha, não entendo como tem gente que não aproveita essa vantagem fiscal.

Mesmo quem não pensa na previdência privada como renda para a velhice deveria encarar essa opção de investimento, pois não há melhor tratamento tributário e, até, por isso rende mais.

Quem despertou para isso no ano passado, a partir já desta Declaração, vai colher o que plantou.