Foto: Corpo de Bombeiros

Que país é esse, onde a corrupção, a má gestão, a incompetência e a impunidade são a nascente de um rio de lágrimas que nos inunda o coração!

Que país é esse que, em pleno século XXI, não consegue prever e se prevenir contra o fogo, a chuva, a água e o barro.

Pois é um país enlameado pela ignorância, indiferença e complacência de um povo que é ótimo em brincar, mas péssimo em responsabilizar.

Começamos a desrespeitar o próximo quando elegemos gente despreparada, mal- intencionada e egoísta para nos representar.

Fico em dúvida quando vejo um Renan Calheiros Senador e seu filho Governador eleitos por Alagoas. O alagoano mereceria tal desgraça?

Jamais, pois é gente dócil, humilde, solidária e do bem. Como, portanto, podem eleger esses crápulas?

Aí, desvio meu pensamento para o Rio de Janeiro. Será que toda beleza lá colocada tinha como preço o sofrimento do povo governado sistematicamente por corruptos e incompetentes?

Olha, desinformação não é mais desculpa em tempo de Internet, Google e redes Sociais.

Sinceramente não entendo esse Brasil, que, pela bondade divina, recebeu da natureza tudo para ser rico, solidário, altruísta e uma referência, mas que se tornou exemplo mundial de corrupção, desperdício, incompetência, irresponsabilidade, injustiça e impunidade.

Um país que não tem a capacidade de se indignar com tudo que está acontecendo não merece ser chamado de nação.