Foto: Divulgação/Polícia Civil

O farmacêutico, de 30 anos, foi preso em flagrante, pela delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde (Decrisa), acusado de receitar medicamentos controlados. Ele trabalhava em uma farmácia na Rua Marechal Floriano Peixoto, no Centro de Curitiba.

No local, a equipe encontrou aproximadamente 70 caixas de antidepressivos e demais medicamentos para emagrecimento sem procedência, além de um carimbo médico em nome de terceiro. Durante a vistoria, os policiais também encontraram um pendrive com modelo de receitas médicas.

Segundo o delegado-titular da Decrisa, Vilson Alves de Toledo, o homem liberava receitas de medicamentos controlados a pacientes que não tinham se consultado com médicos.

A Polícia Civil disse que chegou até o suspeito após uma denúncia anônima. A ação contou com o apoio da Vigilância Sanitária e do Conselho Regional de Farmácia. O estabelecimento amanheceu fechado, porém, conforme a coordenadora da Vigilância Sanitária de Curitiba, Franciele Narlach, o local não foi interditado.

O farmacêutico alegou que os produtos pertenciam ao ex-sócio do estabelecimento e que não tinha conhecimento de como ele havia adquirido. O gerente de fiscalização do Conselho Regional de Farmácia, Eduardo Antônio Pereira Pazin, contou que o homem atuava naquele local desde o início do ano.

O homem, que não possuía passagem policial, foi autuado em flagrante por posse irregular de medicamento.

Repórter Francielly Azevedo

Deixe seu comentário