Foto: Divulgação

O deputado Paulo Litro se apresentou como candidato à presidência do PSDB-PR. Segundo o parlamentar, o partido precisa passar por uma renovação para se reorganizar e voltar a assumir um papel de protagonista no Estado.

Na última eleição, o PSDB perdeu força, principalmente em reflexo aos escândalos envolvendo o ex-governador do Paraná, Beto Richa. Embora o presidente da Assembleia Legislativa ainda seja o tucano Ademar Traiano, o partido tem apenas três deputados na Casa de Leis paranaense: além de Traiano e Litro, completa a lista o deputado Michele Caputo Neto. Na legislatura passada eram seis deputados.

Já na Câmara Federal, o PSDB não elegeu nenhum deputado federal. Na legislatura passada eram três parlamentares.

Paulo Litro afirma que a ideia é recuperar o partido.

O atual presidente do partido é o deputado Ademar Traiano. Antes dele, Beto Richa figurava na posição de líder do PSDB. O ex-governador foi preso três vezes nos últimos oito meses: em setembro, na Operação Rádio Patrulha, quando foi solto após determinação do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF); em janeiro, na Operação Integração – braço da Operação Lava Jato – quando conseguiu a liberdade após decisão do Superior Tribunal de Justiça; e no último mês de março, na Operação Quadro Negro, ocasião em que foi liberado pelo Tribunal de Justiça do Paraná.

Questionado sobre a situação de Richa, Paulo Litro afirmou que o partido só tomará providências após o trânsito em julgado dos processos.

O deputado conta com o apoio dos cabeças do partido e destacou que não deverá ter bate chapa, já que a ideia é chegar em um consenso.

Natural de Pato Branco e residente em Dois Vizinhos, ambas cidades do sudoeste do Paraná, Paulo Litro tem 27 anos e está no segundo mandato como deputado estadual. O parlamentar é advogado especialista em direito administrativo e administração pública. A definição do nome dele como presidente do PSDB deve ocorrer no próximo dia 6 de maio, em convenção partidária.

Repórter Francielly Azevedo