Com gol de Thiago Heleno, Athletico alcança a 4ª vitória seguida

Com gol de Thiago Heleno, Athletico alcança a 4ª vitória seguida
Foto: Athletico.

Com um gol de cabeça do zagueiro Thiago Heleno, aos 29 minutos do segundo tempo, o Athletico Paranaense derrotou o Santos, por 1 a 0, neste sábado (21), na Arena da Baixada, e completou quatro vitórias consecutivas na Série A do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o rubro-negro saiu de campo em 9º lugar, com 28 pontos, e o alvinegro em 6º, com 34.

A equipe do técnico Paulo Autuori teve mais posse de bola durante a partida, mas só criou grandes chances na segunda etapa: um disparo do volante Erick passou perto da meta e o goleiro John Victor defendeu uma bomba do atacante Fabinho.

O gol de Thiago Heleno aconteceu após um escanteio cobrado pelo meia Ravanelli. Na busca pelo empate, a equipe santista bateu na trave depois de um cabeceio do lateral-direito Madson.

Na próxima terça-feira (24), as duas equipes vão disputar a rodada de ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. O Athletico enfrenta o River Plate, da Argentina, na Arena da Baixada, e o Santos tem como adversário a LDU, no Equador. Os dois jogos começam às 19h15, pelo horário de Brasília. Por causa da Libertadores, o time paulista poupou na Arena titulares como o lateral-esquerdo Felipe Jonatan e o atacante Kaio Jorge, que ficaram na reserva. Marinho, outro atacante de destaque, só entrou em campo na metade do segundo tempo.

Sábado que vem (28), pela Série A, às 17h, o Athletico atua diante do Palmeiras, em São Paulo, e o Santos vai ter o Sport como adversário, em Santos.

Não atuaram pela equipe paranaense neste sábado o meia Fernando Canesin e o atacante Geuvânio, que testaram positivo para o novo coronavírus. Pelo mesmo motivo, o zagueiro Luan Peres, da equipe santista, não viajou para Curitiba.

CAMPEONATO BRASILEIRO – Série A

22ª rodada

Sábado, 21/11 – Arena da Baixada – 19h

ATHLETICO 1 x 0 SANTOS

Gol: Thiago Heleno aos 29 minutos do segundo tempo

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Rodrigo Figueiredo e Carlos Henrique Alves, todos do Rio de Janeiro

Cartões amarelos: Sandry e Marinho (Santos)

Athletico: Santos; Erick, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner Vinicius; Wellington (Alvarado), Christian (Fabinho) e Léo Cittadini; Nikão (Felipe Aguilar), Renato Kayzer (Guilherme Bissoli) e Reinaldo (Ravanelli); técnico: Paulo Autuori.

Santos: John Victor; Pará (Madson), Laércio (Alex Braga), Luiz Felipe e Wagner Leonardo; Vinicius Balieiro, Ivonei (Sandry) e Jobson (Jean Mota); Arthur Gomes, Marcos Leonardo (Marinho) e Lucas Braga; técnico: Marcelo Fernandes (interino). O treinador Cuca está afastado porque foi infectado pelo novo coronavírus.