Foto: CMC

Nesta sexta-feira (4) completa uma semana que o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, foi internado no Hospital Marcelino Champagnat e passou por uma cirurgia de emergência. De acordo com o boletim médico, divulgado no fim da manhã de hoje, o quadro dele é estável e apresenta boa evolução clínica.

Greca deu entrada no hospital na noite do último dia 28 de dezembro, quando foi até o local acreditando estar com um quadro de indisposição alimentar. No entanto, uma tomografia e exames complementares revelaram que o prefeito tinha uma hérnia umbilical estrangulada, que causou perfuração no intestino delgado. Houve, então, a indicação para a cirurgia, que durou três horas e foi bem sucedida, conforme apontou a equipe médica.

Nesta quinta-feira (3), o prefeito foi transferido da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o quarto. Greca chegou a gravar um vídeo contando sobre a recuperação e a expectativa da alta.

Segundo o boletim de hoje, os exames de controle do prefeito também apresentam bons resultados.
Apesar do internamento, Greca não se afastou do cargo e segue despachando desde o hospital. A equipe médica não aponta oficialmente uma data para a alta, mas na próxima segunda-feira (7) completam-se dez dias da cirurgia, justamente o período de recuperação citado pelos médicos em coletiva de imprensa no dia seguinte ao procedimento. 

Repórter Francielly Azevedo