Com recorde de novos casos, Curitiba mantém bandeira amarela

Com recorde de novos casos, Curitiba mantém bandeira amarela
Foto: Agência Brasil

Pelo segundo dia consecutivo, Curitiba confirma mais de mil novos casos diários de Covid-19. Os números são os maiores desde o início da pandemia em março.

Foram registrados nesta sexta-feira (20), 1.409 novos casos e 11 mortes pela doença, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

Oito dessas mortes ocorreram nas últimas 48 horas.

As novas vítimas são seis homens e cinco mulheres, com idades de 36 a 99 anos, com algum fator de risco para complicações da Covid-19.

Até agora são 1.613 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, sobe para 65.439 os resultados positivos na capital para infecção do novo coronavírus.

Estão recuperadas da doença em Curitiba, 54.695 pessoas.

São 9.131 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. O número é o maior desde o início da pandemia, e ultrapassa os 7.992 casos ativos registrados em 26 de julho, data do pico da pandemia na capital.

UTIs do SUS

Nesta sexta-feira a taxa de ocupação dos 324 leitos SUS exclusivos para Covid-19 está em 76%. No momento restam 78 leitos livres.

A avaliação dos indicadores que medem a evolução da Covid-19 em Curitiba, ficou em 1,85 de acordo com a Secretaria Municipal da Saúde. O cálculo manteve a cidade em situação de alerta, equivalente à bandeira amarela.

O Decreto 1570/2020 entra em vigor neste sábado (21) e vale por sete dias.

Repórter Vanessa Fernandes com informações da SMS