Foto: PMPR/arquivo
Terrazza Panorâmico

O Comando da Polícia Militar suspendeu as inscrições para o programa Escola Segura, anunciado pelo governo do Paraná como medida para reforçar a segurança nas escolas estaduais. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (SESP), o edital foi suspenso para que seja revisto os valores de diárias oferecidas aos policiais da reserva. A categoria pediu um valor maior do que o oferecido pelo Governo. 

Conforme a SESP, em breve serão informadas as novas decisões, bem como o início do programa nas escolas. O pagamento oferecido era de R$ 113 por dia.

As inscrições começaram no último dia 19 de março e terminariam no último sábado (3), no entanto o processo foi suspenso na sexta-feira (29).  A SESP não informou para a reportagem o número de policiais inscritos até então.

Ao todo, foram abertas 74 vagas em Londrina, no norte do Paraná, e 46 em Foz do Iguaçu, no oeste. De acordo com o governo, as escolas com maior vulnerabilidade serão as primeiras a serem contempladas com o projeto.

As vagas para Curitiba e Região Metropolitana devem constar em outro edital, em uma nova etapa de seleção.

O projeto prevê que os policias da reserva reforcem a segurança nos colégios, combatendo ataques e drogadição entre os adolescentes.

Repórter Francielly Azevedo