Foto: Hedson Alves/SEED
Terrazza Panorâmico

As rematrículas na rede estadual de ensino do Paraná podem ser feitas a partir de segunda-feira. O prazo termina em 30 de novembro.

Devem procurar as instituições de ensino pais ou responsáveis por estudantes que já estão matriculados na rede estadual – e que vão para o 7º, 8º ou 9º ano do ensino fundamental ou para o 2ª ou 3ª ano do ensino médio.

Para isso é preciso levar uma conta recente de energia elétrica, o documento de identidade do aluno maior de 16 anos e a declaração de vacinação.

Matrículas

As matrículas iniciais devem ser feitas de 3 a 7 de dezembro. Pais e/ou responsáveis legais dos estudantes que vão ingressar no 6º ano do ensino fundamental ou na 1ª série do ensino médio precisam comparecer às escolas estaduais para as quais os alunos foram direcionados.

É necessário apresentar, original e cópia da certidão de nascimento ou documento de identidade ou certidão de casamento, da conta recente de energia elétrica de, no máximo, três meses além de um número de telefone para contato.

Vacinação em dia

Os pais que esquecerem da declaração de vacinação vão conseguir matricular ou rematricular os filhos, mas devem regularizar a situação em um prazo de 30 dias. Caso contrário, a escola é obrigada por lei a comunicar a situação ao Conselho Tutelar.

O ano letivo em 2019 começa no dia 14 de fevereiro para um milhão de alunos da rede estadual de ensino do Paraná. Os cerca de 100 mil professores e profissionais da área retornam ao trabalho uma semana mais cedo, no dia 7, quando está programada o início da Semana Pedagógica.

Repórter Lucian Pichetti