Foto: Divulgação/AEN
Terrazza Panorâmico

A proposta de emenda à Constituição que extingue a aposentadoria de ex-governadores e viúvas de ex-governadores permanece sob análise da comissão especial designada para a função.

De acordo com o presidente do legislativo estadual, deputado Ademar Traiano, a comissão especial está aguardando uma decisão do Supremo Tribunal Federal sobre ação direta de Inconstitucionalidade (ADI), proposta pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), contra a aposentadoria vitalícia de ex-governadores no estado do Paraná. O julgamento no STF deve ser realizado nesta quarta-feira (8), mas Traiano diz que tem pressa na análise e votação da matéria em plenário.

Traiano disse ainda que está sendo tolerante e que o prazo da comissão já encerrou.

Perguntado sobre a aposentadoria para ex-deputados, Traiano foi taxativo ao explicar que desde a década de 1990 deputados não recebem aposentadoria no Paraná.

Atualmente 11 ex-governadores e viúvas recebem aposentadoria que alcança perto de R$ 30 mil.

Repórter Vanessa Fernandes