Foto: Pixabay

Quem nunca pensou em deixar uma lâmpada acesa, quando sai para viajar, para que pareça que há gente em casa? Pois pensou errado. Quem explica é o coronel da reserva da Polícia Militar e consultor em segurança, Jorge Costa Filho.

Em uma cidade do tamanho de Curitiba é comum as pessoas não conhecerem seus vizinhos de porta. Mas, antes de pegar a estrada, é interessante falar com eles.

Grama alta e correspondências acumuladas entregam que você não está em casa.

Cuidado também com o que você posta nas redes sociais.

Repórter Lucian Pichetti