Foto: EBC

A Black Friday deste ano cai no dia 23 de novembro. Antes de finalizar a compra, a diretora do Procon Paraná, Cláudia Silvano, orienta o consumidor a pensar duas vezes.

Quer fazer economia de verdade? Então desconfie dos descontos. Sites como o Buscapé e o Zoom revelam se as promoções são reais.

Em loja física ou pela internet. As primeiras edições da Black Friday brasileira foram motivo de chacota. Tudo pela metade do dobro. Com certeza você já ouviu essa frase. A dica para não cair no golpe é desconfiar de tudo, inclusive daqueles links que vêm pelas redes sociais.

Está em dúvida se o site é confiável? Então não deixe de conferir a lista negra do Procon.

Caiu no golpe? Faça print de tudo e não fique calado.

Vendas em alta

Uma pesquisa do Boa Vista SCPC projeta um crescimento em torno de 4,5% das vendas na Black Friday deste ano, que será no dia 23, na comparação com a de 2017.

Com isto, o desempenho do comércio na data deve superar o das demais datas comemorativas deste ano. Na Páscoa, as vendas registraram alta de 3,2%; no Dia das Mães, 4%; no Dia dos Namorados, 2,2%; 2,8% no Dia dos Pais; e 2,2% no Dia das Crianças.

Repórter Lucian Pichetti